Quarto de criança

(Coluna publicada no Globo A Mais, a revista do Globo para iPad, em 06/05/2014)

Kaya tem 4 anos e dorme em um quarto dos sonhos, cheio de brinquedos e vestidos, em Tóquio, no Japão. Já Syra, de Iwol, no Senegal, mora em um casebre de barro, e o chão do lugar onde dorme é de terra. As duas crianças, junto com outras 54 de diversas partes do mundo, fazem parte do projeto Where Children Sleep, ou “Onde as Crianças Dormem”, do fotógrafo James Mollinson. As fotos de todas e as imagens de seus quartos foram feitas para um livro, mas 33 delas estão também reunidas em um site, que pode ser um ótimo endereço para você visitar com o seu filho.

Clique na imagem abaixo para chegar lá:

dicaJuan-David_Colombia

Mollinson explica que teve a ideia pensando em seu próprio quarto: como ele foi significativo durante a infância e como o espaço refletia o que o fotógrafo tinha e quem era. Assim, foi em busca dos quartos de crianças ricas e pobres, de países como Estados Unidos, Colômbia, China, Camboja, entre muitos outros. Até o Brasil está lá!

O interessante em navegar pela página é que esse pode ser um ponto de partida para falar sobre a situação das pessoas nos países mais diversos com o seu filho. Vale muito a pena conversar sobre cada um dos fotografados, como ele acha que são suas vidas e o lugar onde moram, o que sabe sobre aquela região… Vale ainda também pesquisar mais sobre cada um dos países pela internet mesmo. Assim, além de tratar de temas atuais, ainda é possível estudar Geografia e História. Ou, por fim, propor um tema de redação a partir do que foi conversado.

Momentos históricos

(Coluna publicada no Globo A Mais, a revista do Globo para iPad, em 29/04/2014)

Há muito mais no Google que a sua ferramenta de busca. Quer um exemplo? Navegue pelo Google Cultural Institute com o seu filho. O projeto, que começou com o “Google Art Project”, trazendo obras de arte e passeios virtuais em museus, e com o “World Wonders”, de giros virtuais pelas maravilhas do mundo moderno e antigo, tem uma terceira área pouco conhecida e que vale muito ser explorada. Ela se chama Momentos Históricos.

Clique na imagem abaixo para ir até lá!

guerrafria (1)Essa ferramenta reúne exposições on-line com detalhes por trás de eventos importantes para a humanidade. Estão lá, por exemplo, mostras sobre o Dia D, a Guerra Civil Espanhola, o Holocausto, o Apartheid, entre outros. Você pode explorar o material por coleção, evento, local, pessoa, tipo de mídia e data.

É possível ainda criar suas próprias coleções, a partir do material que encontrar disponível. Basta arrastar imagens, vídeos ou textos para a área “Salvas”, no rodapé.

Quer melhora maneira de estudar História? As possibilidades são muitas, basta explorar!

Mapa de notícias

(Coluna publicada no Globo A Mais, a revista do Globo para iPad, em 15/04/2014)

Quer saber quais são as notícias de maior destaque em tempo real no Brasil e no mundo? O caminho é o site Newsmap. As informações que constam na página são baseadas no Google News, o agregador do Google que monitora mais de 4.500 fontes de notícia ao mesmo tempo.

O interessante nessa ferramenta é que ela mostra as notícias divididas por categorias (mundo, nacional, negócios, tecnologia, esportes, entretenimento e saúde), todas definidas por diferentes cores. O Newsmap ainda faz a divisão das informações por países – são 15 disponíveis, entre eles o Brasil.

Clique na imagem abaixo para ir até lá!

newsmapAo passar o mouse sobre cada manchete, o site mostra quantos artigos relacionados àquela informação existem. Quanto maior o número de artigos, maior será o tamanho da manchete na página. Se você clicar, será levado a uma dessas reportagens para entender melhor a notícia. É possível selecionar vários países ao mesmo tempo, clicando em cada um deles na barra superior, para ver como seria um mapa global das notícias. E ainda dá para ver apenas as reportagens de uma determinada categoria, fazendo a seleção na barra inferior.

Se a sua intenção é estudar história, geografia, português, ciências e até linguas estrangeiras com o seu filho de um modo diferente, o Newsmap pode ajudar muito. As possibilidades são infinitas!

Post-it na testa

Um jogo muito simples, que pode ser usado para falar de países, personagens históricos, grandes pensadores, pintores, artistas ou o que e quem mais você e as crianças quiserem.

Todos se sentam em roda e uma pessoa é escolhida para ter o post-it na testa. O resto do grupo escolhe que personagem ou lugar essa pessoa vai ser (sendo que ela não pode saber!). O nome do personagem ou do lugar é escrito no post-it e ele é colado na testa do escolhido.

Cabe à pessoa com o post-it na testa fazer perguntas de “sim” ou “não” para o resto do grupo e tentar adivinhar o que ou quem ela é. É a partir daí que você pode aproveitar para falar dos assuntos que quer tratar.

Por exemplo:

Vocês podem falar sobre países da América do Sul:

post-it na testa

 

 

 

 

 

 

 

 

Ou sobre nossos personagens históricos:

post-it na testa

 

 

 

 

 

 

 

 

Ou sobre os grandes pensadores:

post-it na testa

 

 

 

 

 

 

 

 

Se as crianças forem pequenas, você pode escolher personagens mais fáceis, como bichos.

Você pode mudar as regras e fazer com que todos tenham post-its na testa ao mesmo tempo. Daí é você quem escolhe todos os personagens ou lugares (para não virar bagunça), escreve nos post-its e cola nas testas de todos. Uma pessoa faz uma pergunta de “sim” ou “não” sobre o que está no seu post-it para o resto do grupo e passa adiante. Outro faz a sua pergunta a passa adiante. O primeiro a adivinhar quem é ganha.

Veja aqui outras ideias de atividades com post-it!